Você está aqui: Página Inicial Serviços Sala de Imprensa Notícias 2008 04 Hospital Universitário compromete-se a comunicar ao MPF sobre as cirurgias eletivas

Hospital Universitário compromete-se a comunicar ao MPF sobre as cirurgias eletivas

última modificação 28/04/2008 18:08

O Ministério Público Federal (MPF), por meio do procurador regional dos Direitos do Cidadão Felipe Fritz Braga, reuniu-se hoje pela manhã com diretores do Hospital Universitário (HU) visando resolver problemas relativos à suspensão das cirurgias eletivas.

As operações cirúrgicas prestadas ao paciente, sem que ocorra risco de vida imediato, ou seja, que podem ser aguardadas e realizadas em data mais oportuna, são denominadas cirurgias eletivas ou programadas. Tais operações, suspensas desde fevereiro deste ano no HU, vinham sendo realizadas apenas em caráter excepcional, tendo em vista empecilhos burocráticos nos processos de compra de materiais e problemas com fornecedores (falência, incêndio de estoque entre outros).

Na reunião, a direção do Hospital informou que as cirurgias eletivas serão retomadas a partir de início de junho. Até lá, o HU vai comunicar semanalmente o MPF sobre as cirurgias que forem sendo excepcionalmente realizadas. A medida visa garantir maior transparência na divulgação desses procedimentos.

Foi instaurado um procedimento administrativo para investigar os problemas constatados, sendo que os pacientes que necessitam realizar cirurgias eletivas em caráter emergencial no Hospital Universitário e encontrarem dificuldades, podem se dirigir ao MPF para encaminhar suas reclamações.

Assessoria de Comunicação Social
Ministério Público Federal em Mato Grosso do Sul
(67) 3312-7265 / 9297-1903
(67) 3312-7283 / 9142-3976
www.prms.mpf.gov.br
ascom@prms.mpf.gov.br
www.twitter.com/mpf_ms

Ações do documento