Você está aqui: Página Inicial Serviços Sala de Imprensa Notícias 2010 08 PRE/MS divulga cartilhas eleitorais para informar população

PRE/MS divulga cartilhas eleitorais para informar população

última modificação 31/08/2010 14:52

Material impresso sobre propaganda eleitoral e atos ilícitos eleitorais será distribuído em todo estado e disponibilizado na internet

A Procuradoria Regional Eleitoral em Mato Grosso do Sul (PRE/MS) lança na manhã desta sexta-feira (03), na Escola Estadual Joaquim Murtinho, duas cartilhas eleitorais para esclarecer a população sobre as condutas permitidas e vedadas nas eleições. O lançamento marcará, em Mato Grosso do Sul, o Dia D de Combate à Corrupção Eleitoral, realizado em todo o país.

As cartilhas, produzidas pela PRE/MS, objetivam, em uma linguagem acessível, informar e conscientizar os cidadãos. Elas abordam dois temas importantes e polêmicos das eleições: a propaganda eleitoral e os atos ilícitos eleitorais e indicam como e onde é possível denunciar condutas irregulares.

Na publicação de propaganda, os eleitores têm acesso a informações sobre o que é permitido e os abusos cometidos pelos candidatos. Já na cartilha sobre os atos ilícitos, o cidadão tem a possibilidade de identificar as principais irregularidades que ocorrem no processo eleitoral, tais como compra de votos, caixa dois, condutas vedadas aos agentes públicos, bem como as penalidades cabíveis em cada caso.

Lançamento

Na escola Joaquim Murtinho, será iniciada a distribuição do material, que deve ser encaminhado para todas as demais 361 escolas estaduais de Mato Grosso do Sul e para as 54 promotorias eleitorais. No lançamento, serão distribuídas cartilhas, folders e cartazes e os procuradores vão tirar dúvidas e orientar os jovens eleitores.

Estarão presentes no evento o procurador regional eleitoral, Pedro Paulo Grubits Gonçalves de Oliveira e o coordenador das promotorias eleitorais, Edgar Roberto Lemos de Miranda.

"A juventude é um vetor de mudança social. A conscientização dos jovens é necessária pois eles levam para suas casas as informações compartilhadas na escola. Além disso, os jovens têm a força de fiscalizar, de identificar irregularidades e de ajudar a promover uma eleição limpa e democrática", afirma o procurador regional eleitoral, Pedro Paulo Grubits.

Dia D

O Dia D de Combate à Corrupção Eleitoral acontece um mês antes da data das eleições em todo o país. É uma data importante para alertar a população e estimular a reflexão sobre os malefícios da corrupção eleitoral no Brasil.

Segundo o PRE, Pedro Paulo Grubits, "o eleitor e o candidato corruptos são parasitas em uma democracia. Eles devem ser combatidos incansavelmente pelos órgãos do Estado e pela sociedade. Louvemos o bom eleitor, que escolhe o candidato com consciência e depois cobra a realização de suas propostas de campanha, bem como o bom político, que exerce o mandato pensando e agindo única e exclusivamente na satisfação do bem comum e geral da sociedade".

Cartilhas

As publicações tiveram sua primeira tiragem - 8 mil exemplares - impressa com o apoio da Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul (Fiems). Além da impressão, a Fiems distribuirá o material nas 20 bibliotecas em que tem sede, localizadas em 16 municípios do estado, e para seus filiados.

O material estará disponível no site da Procuradoria Regional Eleitoral para consulta (pre.prms.mpf.gov.br) e será de livre impressão e utilização pela comunidade, por professores, veículos de comunicação social, partidos políticos e candidatos, mantendo sempre a fonte e suas características originais.

Assessoria de Comunicação Social
Ministério Público Federal em Mato Grosso do Sul
(67) 3312-7265 / 9297-1903
(67) 3312-7283 / 9142-3976
www.prms.mpf.gov.br
ascom@prms.mpf.gov.br
www.twitter.com/mpf_ms

Ações do documento