Você está aqui: Página Inicial Serviços Sala de Imprensa Notícias 2012 04 MPF/MS: Índia guató de 111 anos morre em Corumbá

MPF/MS: Índia guató de 111 anos morre em Corumbá

última modificação 02/04/2012 17:08

Julia Caetano teve falência múltipla dos órgãos

Morreu na manhã de hoje (02), às 8h30, uma das índias mais idosas do Brasil. Julia Caetano, de 111 anos, era da etnia guató e uma das poucas representantes de seu povo que falava fluentemente o idioma tradicional – considerado ameaçado de extinção pela UNESCO. Dona Júlia, como era conhecida, vivia no Pantanal, às margens do Rio Paraguai, na companhia de seu filho Vicente.

Na última sexta-feira, o comando do 6º Distrito Naval da Marinha do Brasil, atendendo a solicitação do Ministério Público Federal, realizou o transporte de Dona Júlia Caetano para o Hospital de Caridade de Corumbá, para atendimento médico. A paciente não resistiu e morreu por falência múltipla dos órgãos e complicações decorrentes da idade avançada. 

Dona Júlia será enterrada na Aldeia Uberaba, localizada na Terra Indígena Guató. 

 

Assessoria de Comunicação Social
Ministério Público Federal em Mato Grosso do Sul
(67) 3312-7265 / 9297-1903
(67) 3312-7283 / 9142-3976
www.prms.mpf.gov.br 
ascom@prms.mpf.gov.br 
www.twitter.com/mpf_ms

 

Ações do documento