Você está aqui: Página Inicial Serviços Sala de Imprensa Notícias 2013 10 Evento debate relação do MPF com a imprensa de MS

Evento debate relação do MPF com a imprensa de MS

última modificação 21/10/2013 12:01

Jornalistas, acadêmicos e procuradores se reuniram em Campo Grande para tratar sobre liberdade de imprensa, privacidade e sigilo

Evento debate relação do MPF com a imprensa de MS

Evento reuniu jornalistas, acadêmicos e procuradores em Campo Grande. Fotos: Ascom MPF/MS

O Ministério Público Federal (MPF) em Mato Grosso do Sul recebeu, na última sexta-feira (18), profissionais da imprensa e acadêmicos de Jornalismo para tratar sobre o relacionamento da instituição com a mídia sul-mato-grossense. O encontro, promovido pela Procuradoria Regional da República da 3ª Região (PRR3), buscou esclarecer a atuação do MPF no estado e debater o acesso à informação pelos veículos de comunicação. 

O evento foi dividido em dois momentos. Na primeira mesa, após a recepção dos convidados pelo procurador-chefe da PR/MS, Pedro Paulo Grubits, houve a apresentação do MPF e de sua Política de Comunicação pela procuradora regional da República Janice Ascari. Também compuseram a mesa os procuradores da República Ângelo Costa e Thiago Nobre e os assessores de Comunicação Rodrigo Pereira e Marcelo Christovão. 

Já na segunda etapa, iniciou-se debate sobre a liberdade de imprensa, privacidade e sigilo. Marcos Paulo da Silva, coordenador do curso de Jornalismo da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), destacou que a liberdade de expressão não exime a responsabilidade do profissional da comunicação e enfatizou a relevância do cumprimento do Código de Ética dos Jornalistas Brasileiros, especialmente no tocante ao sigilo de informações e à violação da privacidade em prol do interesse público. 

Jaqueline Bortolloto, coordenadora do Núcleo Globo da TV Morena, ressaltou a importância do bom relacionamento com a instituição e a necessidade da concessão de entrevistas para a construção de matérias jornalísticas. Já Humberto Marques, editor de Política do jornal O Estado de MS, lamentou a insegurança jurídica dos profissionais da imprensa na cobertura de pautas investigativas e destacou ser essencial a parceria com promotores e procuradores para o aprofundamento de investigações. 

Workshop_05

Jornalistas de MS participaram da mesa de debate

Diálogo aberto 

No encontro, convidados e procuradores puderam estabeleceram diálogo aberto sobre as formas de divulgação das ações institucionais. Os jornalistas apresentaram as dificuldades encontradas nas redações e puderam ouvir dos próprios procuradores os motivos de algumas negativas no atendimento à imprensa. 

Emerson Kalif Siqueira, procurador da República que trabalha com a questão indígena no estado, destacou que constitucionalmente o MPF tem o papel de defender os interessses das comunidades indígenas e que, por isso, respeita a escolha dos índios em falar ou não com a imprensa. 

Ele questionou a forma de cobertura da mídia em Mato Grosso do Sul e enfatizou a necessidade de criar vínculo com as comunidades para que os índios também tenham voz nos veículos de comunicação do estado.“É curioso que quando se tem sangue ou uso de força policial para o cumprimento de alguma determinação policial pelos índios, a imprensa toda vai lá acompanhar, mas quando se trata da saúde indígena ou da violação de direitos da comunidade, ninguém participa dos debates e nem vai às aldeias mostrar a precariedade da situação”. 

Jaqueline Bortolloto, ao falar sobre as dificuldades de acesso aos membros do MPF, destacou a Operação Sangue Frio e escutou do procurador responsável pelo caso, Silvio Pettengil, a justificativa para o silêncio da instituição: “O MPF, segundo orientações do CNMP, não diz o que vai fazer, mas o que fez. Somente após o término das apurações é que poderemos nos pronunciar sobre o caso e, aí sim, vamos tornar público o conteúdo das investigações”. 

 

workshop_02 workshop_03

Workshop proporcionou diálogo aberto entre o MPF e os profissionais de comunicação

 

Workshop

O Workshop “MPF e a Mídia em MS” faz parte do Planejamento Estratégico do Ministério Público Federal e objetiva aproximar a instituição dos jornalistas e da sociedade. A iniciativa, idealizada pela PRR3, aconteceu também na cidade de São Paulo no mês de agosto. 

Wokshop_01

Iniciativa da PRR3 integra Planejamento Estratégico do MPF

 
  • Confira aqui a apresentação "Conhecendo o MPF" da procuradora regional da República Janice Ascari.
 
 
Assessoria de Comunicação Social 
Ministério Público Federal em Mato Grosso do Sul 
(67) 3312-7265 / 9297-1903 
(67) 3312-7283 / 9142-3976 
www.prms.mpf.gov.br 
ascom@prms.mpf.gov.br 
www.twitter.com/mpf_ms
Ações do documento