Você está aqui: Página Inicial Serviços Sala de Imprensa Notícias 2014 07 Operação Sangue Frio: MP denuncia 6 por malversação de R$ 102 milhões em recursos públicos no Hospital do Câncer de Campo Grande

Operação Sangue Frio: MP denuncia 6 por malversação de R$ 102 milhões em recursos públicos no Hospital do Câncer de Campo Grande

última modificação 18/07/2014 18:03

Entre os acusados, ex-diretores e funcionários da entidade. Ministério Público quer condenação por improbidade administrativa e ressarcimento do prejuízo causado ao erário.

O Ministério Público Federal (MPF) e o Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul (MPE/MS) ajuizaram ação de improbidade administrativa contra seis pessoas envolvidas na malversação de mais de R$ 102 milhões da Fundação Carmen Prudente, conhecida como Hospital do Câncer de Campo Grande. O Ministério Público pede que eles sejam condenados ao ressarcimento do prejuízo causado. A Fundação é pessoa jurídica de direito privado sem fins lucrativos e atua em Campo Grande desde 2 de maio de 1995, sendo custeada por recursos do Sistema Único de Saúde e doações de particulares.

Os acusados são os ex-diretores do hospital Adalberto Abrão Siufi, Issamir Farias Saffar, Blener Zan e Luiz Felipe Terrazas Mendes; a ex-administradora Betina Moraes Siufi Hilgert; e o empresário e ex-funcionário do hospital, Adalberto Chimenes. Eles podem ser condenados às sanções previstas na Lei nº. 8.429/92, que prevê penas de perda dos bens ou valores acrescidos ilicitamente ao patrimônio, ressarcimento integral do dano, perda da função pública, suspensão dos direitos políticos de oito a dez anos, pagamento de multa civil de até três vezes o valor do acréscimo patrimonial e proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de dez anos.

Maiores detalhes não podem ser divulgados pois o processo tramita sob segredo de Justiça.

Referência processual na Justiça Federal de Campo Grande: 0006449-06.2014.4.03.6000 




Assessoria de Comunicação Social
Ministério Público Federal em Mato Grosso do Sul
(67) 3312-7265 / 9297-1903
(67) 3312-7283 / 9142-3976
www.prms.mpf.gov.br
PRMS-ascom@prms.mpf.gov.br
www.twitter.com/mpf_ms

 

Ações do documento