Você está aqui: Página Inicial Serviços Sala de Imprensa Notícias 2015 07 Lama Asfáltica: obras do Aquário do Pantanal devem passar por auditoria

Lama Asfáltica: obras do Aquário do Pantanal devem passar por auditoria

última modificação 22/07/2015 13:39

Diligências apontam possível direcionamento de licitações e superfaturamento em contratos firmados pela construtora Proteco, responsável pelo projeto

O Ministério Público Federal (MPF) em Mato Grosso do Sul recomendou ao Governo do Estado, Secretaria de Estado de Infraestrutura e Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos) que realize auditoria em todos os contratos e obras da empresa Proteco Construções Ltda, responsável pela construção do Aquário do Pantanal e por importantes obras de pavimentação no estado. Os trabalhos da construtora e o pagamento dos contratos devem ficar suspensos até que a fiscalização seja concluída.

A iniciativa decorre das investigações da Operação Lama Asfáltica - que apura fraudes em certames licitatórios e desvio de recursos públicos em Mato Grosso do Sul – e objetiva evitar que o Poder Público continue financiando empresa possivelmente fraudulenta. Diligências realizadas pelos órgãos públicos apontam possíveis direcionamentos de licitações e superfaturamento de obras realizadas pela Proteco.

Caso as prováveis irregularidades sejam confirmadas, os gestores estaduais devem adotar as medidas cabíveis para penalizar os responsáveis, sob pena de responderem judicialmente pela omissão.

As investigações da Lama Asfáltica continuam sob segredo de justiça.

--

Assessoria de Comunicação Social 
Ministério Público Federal em Mato Grosso do Sul
(67) 3312-7265/ 7283
www.prms.mpf.mp.br
PRMS-ascom@mpf.mp.br
www.twitter.com/mpf_ms
Ações do documento