Você está aqui: Página Inicial Serviços Sala de Imprensa Notícias 2015 09 MPF/MS apresenta 10 Medidas e Campanha contra a pedofilia à população de Campo Grande

MPF/MS apresenta 10 Medidas e Campanha contra a pedofilia à população de Campo Grande

última modificação 22/09/2015 15:55

Uma equipe do Ministério Público Federal em Mato Grosso do Sul (MPF/MS) participou no último sábado (19) do Balanço Geral nos Bairros, ação social promovida pela TV Record, no Bairro Coophavilla II, em Campo Grande. O MPF montou um stand com o Ministério Público do Estado (MP/MS), que atendeu o público durante todo o evento, das 8 às 12 h, disponibilizando informações sobre duas campanhas da instituição: Combate ao Abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes e 10 Medidas contra a corrupção.

10 medidas

O projeto “10 medidas contra a corrupção” concentra propostas do Ministério Público Federal para alterar a legislação brasileira e aprimorar o combate a casos de corrupção no país. O objetivo do projeto é coletar assinaturas de cidadãos e cartas de apoio de instituições para que essas propostas sejam apresentadas como projetos de lei de iniciativa popular.

De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), aproximadamente R$ 200 bilhões são desviados no Brasil, por ano. Esse valor permitiria multiplicar por três os investimentos federais em educação ou saúde, ou, ainda, multiplicar por cinco tudo que se investe em segurança pública em todo o país. Seria possível também resgatar da miséria os dez milhões de brasileiros que não conseguem comprar os alimentos necessários para sobreviver.

Clique aqui para saber mais.

Combate à Pedofilia

A campanha “Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes – Marcas para a vida toda” é uma iniciativa do Ministério Público Federal em Mato Grosso do Sul (MPF/MS). No Brasil, os casos de violência sexual contra crianças e adolescentes, apesar de muito expressivos, recebem pouca atenção do Poder Público e não tem sido contemplados com políticas públicas efetivas.

Segundo a Polícia Civil, somente no ano passado, foram mais de 1100 ocorrências em MS envolvendo abuso de vulnerável, números esses que, apesar de significativos, infelizmente estão muito aquém da realidade, em razão da chamada sub-notificação. Diante disso, entre outras ações em curso, foi elaborada e impressa em parceria com o SESI uma cartilha com informações para prevenir, identificar e encaminhar os casos de abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, a qual foi distribuída no evento em questão.

Clique aqui para saber mais.

Assessoria de Comunicação Social
Ministério Público Federal em Mato Grosso do Sul
(67) 3312-7265/ 7283
www.prms.mpf.mp.br
PRMS-ascom@mpf.mp.br
www.twitter.com/mpf_ms

Ações do documento