Você está aqui: Página Inicial Serviços Sala de Imprensa Notícias 2015 12 Em cinco meses, MPF/MS recebe mais de 32 mil assinaturas em projeto contra a corrupção

Em cinco meses, MPF/MS recebe mais de 32 mil assinaturas em projeto contra a corrupção

última modificação 09/12/2015 11:18

Participação de Mato Grosso do Sul é a sétima maior do país

No Dia Internacional de Combate à Corrupção (09/12), a campanha 10 Medidas contra a Corrupção, do Ministério Público Federal (MPF), alcançou a marca de 32.759 assinaturas em apoio à iniciativa em Mato Grosso do Sul - 601,61% a mais que a meta do estado (0,3% dos eleitores sul-mato-grossenses). A campanha foi apresentada em MS em julho e o apoio dos cidadãos sul-mato-grossenses colocou o estado na sétima posição em número de assinaturas coletadas no Brasil, atrás apenas de São Paulo, Paraná, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Distrito Federal e Amazonas. 

A campanha, que visa a propositura de um projeto de lei de iniciativa popular ao Congresso Nacional para aprimorar a prevenção e o combate à corrupção e à impunidade, objetiva reunir 1,5 milhão de assinaturas em todo o país. Até agora, 854.963 assinaturas já foram coletadas nacionalmente.

O conjunto de medidas contempla metas como a criminalização do enriquecimento ilícito; aumento das penas e crime hediondo para corrupção de altos valores; celeridade nas ações de improbidade administrativa; reforma no sistema de prescrição penal; responsabilização dos partidos políticos e criminalização do caixa 2; entre outros ajustes.

Destaque

Em Mato Grosso do Sul, o apoio de entidades religiosas, sindicatos, empresas e da maçonaria impulsionaram a coleta de assinaturas. Pontos de coletas foram espalhados em diversas instituições e órgãos públicos e procuradores da República que atuam nas unidades da capital e do interior têm realizado palestras para apresentar as 10 medidas e esclarecer a população dos benefícios do projeto. Chama a atenção cidadãos engajados que sozinhos foram capazes de colher centenas de assinaturas em suas atividades. 

Para a procuradora da República Damaris Baggio, coordenadora da campanha no estado, o projeto é uma ação concreta de enfrentamento à corrupção. “As 10 medidas têm por objetivo fazer alterações pontuais na legislação com grande efeito prático e o apoio da sociedade é fundamental para acabarmos de vez com a corrupção, que já é sistêmica no país. Nas conversas com os cidadãos, é visível o cansaço e a falta da esperança, mas juntos podemos fazer a diferença. Não vamos desistir do Brasil.”

ASSINATURAS 10 MEDIDAS

Procuradora da República Damaris Baggio (centro): "Coleta de assinaturas é um ato concreto contra a corrupção"

  • Para saber mais sobre a campanha e ajudar a coletar assinaturas em apoio ao projeto, acesse: www.10medidas.mpf.mp.br.


Apoiadores  

Abaixo, confira a lista (em ordem alfabética) das entidades que já declararam apoio à campanha em MS:

•1ª Igreja Batista de Campo Grande

•3ª Igreja Batista de Campo Grande

•Associação Brasileira de Engenheiros Eletricistas - Seção MS - ABEE/MS

•Confederação Maçonaria Simbólica do Brasil

•Confederação Maçônica do Brasil - COMAB

•Conselho Regional de Medicina

•Conselho Regional de Odontologia

•Federação dos Empregados no Comércio e Serviços de MS - FETRACOM-MS

•Grande Loja Maçônica do Estado do MS

•Grande Oriente de Mato Grosso do Sul

•Igreja Batista Nova LIma

•Igreja Nova Vida

•Igreja Vivendo em Cristo

•Instituto Educacional Paulo Freire

•Ministério Público Estadual

•Procuradoria Regional do Trabalho 24 Região

•Sebrae/MS

•Sindicato dos Auditores e Técnicos da Auditoria Geral do Estado de MS

•Sindicato dos Empregados no Comércio de Campo Grande-MS

•Sindicato dos Empregados no Comércio de Nova Andradina e Região

•Vobeto Transportes

 

--

Assessoria de Comunicação Social 
Ministério Público Federal em Mato Grosso do Sul
(67) 3312-7265/ 7283
PRMS-ascom@mpf.mp.br
 
Ações do documento